15/07/2011 ♦ Desenvolvimento web

Um ambiente de desenvolvimento web compartilhado usando GIT e Dropbox

Diagrama GIT + Dropbox

Esse artigo explica como criar um ambiente compartilhado para desenvolvimento web utilizando ferramentas que tornam o seu trabalho mais fácil, prático e profissional. Esse processo é útil para compartilhar com outros desenvolvedores (front-end ou programador), mas também serve para trabalhar sozinho utilizando máquina diferentes (em casa e no trabalho, por exemplo).

Antes de explicar o processo, vamos fazer uma breve introdução sobre GIT e Dropbox. Se você já está familiarizado com esses aplicativos, pule direto para a seção Criando um repositório no Dropbox.

Esse artigo explica como criar um ambiente compartilhado para desenvolvimento web utilizando ferramentas que tornam o seu trabalho mais fácil, prático e profissional. Esse processo é útil para compartilhar com outros desenvolvedores (front-end ou programador), mas também serve para trabalhar sozinho utilizando máquina diferentes (em casa e no trabalho, por exemplo).

Introdução ao GIT

GIT é um tipo de sistema de controle de versão desenvolvido por Linus Torvalds (sim, o mesmo do Linux). Um sistema de controle de versão é um aplicativo que gerencia as versões de um ou mais arquivos, muito utilizado no desenvolvimento de softwares e que vêm se popularizando também entre desenvolvedores web. Existem outros tipos de sistemas de controle de versão como o CVS, Subversion, Bazaar, Mercurial e outros.

De uma forma bem resumida o GIT funciona assim: após criar um repositório GIT em um computador qualquer desenvolvedor pode clonar esse repositório para sua máquina, editar os arquivos e enviá-lo novamente para a origem. O software fará o controle das versões e caso dois desenvolvedores alterem o mesmo arquivo, as alterações serão comparadas e consolidadas em um único arquivo.

Você não precisa saber linha de comando para usar o GIT, aplicativos como o Gitbox fazem o trabalho sujo por você

Depois de baixar e instalar o GIT (Mac ou Windows) é comum utilizá-lo através de linha de comando, mas se você é designer, como eu, e gosta de apertar botões recomendo o Gitbox SourceTree (para Mac) ou a própria GUI que vem junto com o msysgit para Windows.

Nota: Essa é uma introdução rápida, feita por um designer que não utiliza os termos técnicos corretamente. Caso você queira uma explicação mais precisa, consulte a documentação oficial.

Introdução ao Dropbox

Dropbox é um excelente serviço gratuito para compartilhamento de arquivos. Além da versão web, você pode instalá-lo no Mac, Windows ou Linux. Ele funciona como uma pasta de 2G dentro do seu computador que pode ser acessada e compartilhada facilmente com outros usuários.

O Dropbox fica invisível depois de instalado no computador, se comportando como uma pasta comum no seu HD

Nota: Se você não tem uma conta no Dropbox, cadastre-se por esse link e me ajude a ganhar 250M de espaço extra!

1º Passo – Criando um repositório no Dropbox

Baixe e instale o Dropbox, crie uma pasta com o nome do seu projeto e dentro dela uma pasta vazia chamada, por exemplo, “www” “repo.git”. Baixe e instale o GIT e a GUI de sua preferência (Gitbox ou msysgit). Abra o aplicativo e clique em adicionar um repositório. O GIT criará uma pasta oculta dentro da “www” “repo.git” chamada “.git”.

2º Passo – Compartilhando o diretório com os outros desenvolvedores

Clique com o botão da direita sobre a pasta “www” “repo.git” e selecione Dropbox > Share This Folder. Inclua o email dos desenvolvedores do seu grupo que devem ter uma conta Dropbox associada a esse email. Se tiver dúvidas de como fazer isso, acesse a página de ajuda do Dropbox.

3º Passo – Trabalhando localmente e realizando commits

Abra novamente a sua GUI do GIT e selecione “clonar um repositório”. Selecione a pasta onde você vai trabalhar localmente (no Mac eu costumo usar a pasta “Sites”). O repositório master será sua pasta local e a origem será o repositório compartilhado no Dropbox.

Edite localmente os arquivos (use o Xampp para rodar PHP e MySQL na sua máquina) e quando terminar realize um commit para consolidar os arquivos e depois envie essas alterações para o repositório origem através do comando PUSH. Os outros desenvolvedores trabalharão da mesma forma e o repositírio origem no Dropbox terá todas os arquivos atualizados.

Usando o GitHub como alternativa ao Dropbox

O GitHub é uma ótima alternativa para compartilhar um ambiente de desenvolvimento em GIT. Para repositório públicos o uso é gratuito, mas para repositórios fechados é preciso pagar pelo serviço. Eles lançaram recentemente uma fácil e prática GUI chamada Github for Mac.

Conclusão

Pode parecer um pouco complicado no início, mas trabalhar com GIT é bem simples e você logo se acostuma. Depois de passar pela curva inicial de aprendizado você terá uma ambiente compartilhado eficiente e com um ótimo histórico e documentação das alterações realizadas. Dúvidas? Deixe um comentário que eu tentarei responder.

UPDATE: Como lembrou o Eder Prado nos comentários, os arquivos HTML da sua pasta local não aparecem normalmente na pasta do Dropbox, eles ficam compactados dentro da pasta .git.

UPDATE2: Se você tiver problemas em fazer o primeiro commit, experimente converter seu repositório no Dropbox em um repositório bare.