05/11/2010 ♦ MétricasUsabilidadeUX

Mudar o campo de um formulário gerou lucro de US$ 12 milhões para a Expedia

A Expedia, empresa de viagens online, recentemente comprovou a eficácia de uma boa análise de métricas e testes de usabilidade, segundo notícia divulgada no site silicon.com. Muitos usuários preenchiam as informações da viagem, seus dados de faturamento e clicavam no botão “Comprar”, mas abandonavam o processo antes de concluir a reserva do hotel.

Após uma detalhada pesquisa, os analistas da Expedia descobriram que no formulário do site existia um campo opcional ao Nome, chamado “Empresa”. Esse campo confundia os usuários, muitos digitavam o nome do seu banco e a partir daí preenchiam as informações abaixo com o endereço da instituição bancária. Dessa forma, os dados do cartão de crédito não batiam, e a transação não era concluída.

Após remover esse campo do formulário, a empresa registrou um aumento de 12 milhões de dólares em vendas no ano.

É comum acreditarmos que esse tipo de erro é fácil de ser percebido sem nenhuma pesquisa, mas somente analisando métricas e observando o comportamento do usuário é que esses problemas nos saltam aos olhos.